quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

Previsões para o Oscar

Amanhã, dia 22, saem os indicados aos prêmios da Academia. Não vou fazer previsões, categoria por categoria. Apenas alguns comentários.


O que provavelmente irá acontecer amanhã:


- "Slumdog Millionaire", "O Curioso Caso de Benjamin Button", "Frost/Nixon", "Milk" e "O Cavaleiro das Trevas" serão os principais indicados. E aparentemente nesta ordem de preferência para a categoria Melhor Filme;


- Benjamin Button, Slumdog e O Cavaleiro das Trevas, por suas qualidades técnicas devem liderar o número de indicações. Aposto em Button como líder, algo em torno de 10 a 12 indicações (podendo ser mais, caso o amor pelo filme dê reconhecimento para Pitt e Blanchett), seguido de perto pelo Batman, também em torno de 10 indicações, e depois Slumdog, entre 8 a 10 indicações. Ou seja, um ano atípico caso isso se confirme;


- Para Melhor Diretor sempre há uma surpresa: nunca os melhores filmes tem os melhores diretores. Coisas da Academia. Quem vai ficar de fora este ano que é o problema. Espero que seja Ron Howard. Os favoritos pra essa vaga seriam Arronofsky e Mike Leigh. Mas não descarto o caso raro de coincidir melhores filmes e diretores este ano;


- Certos para Melhor Ator: Sean Penn, Mickey Rourke, Frank Langella. Concorrem pelas outras duas vagas: DiCaprio, Pitt, Richard Jenkins, Eastwood;


- Certas para Melhor Atriz: Winslet, Hathaway, Streep, Hawkins. Última vaga a briga parece ser entre Angelina Jolie e Cate Blanchett. Mas sempre acontece de surgir alguém do limbo, como Melissa Leo ou Kristin Scott-Thomas.



O que eu GOSTARIA que acontecesse amanhã:


- Que houvesse uma "big fuckin´ surprise" na categoria Melhor Filme, para sair do óbvio: Slumdog de fora é pedir demais, mas que tal um "fora!" com Frost/Nixon ou O Cavaleiro das Trevas?


- Que a surpresa NÃO fosse a inclusão de Wall-E para Melhor Filme. Ao contrário da grande maioria, sou a favor de que animações sejam reconhecidas na categoria de Melhor Animação - e nas técnicas e de roteiro, obviamente. Nada contra Wall-E (longe disso), mas cada qual no seu cada qual. Que tal valorizarmos mais a categoria de animação? Seja como for, o filme de Andrew Stanton deve chegar muito perto de uma indicação (acredito que se não fosse pelo Batman, seria uma certeza a essa altura);


- Que Clint Eastwood seja mais reconhecido do que realmente será com seus dois maravilhosos filmes: que Angelina Jolie seja indicada por "A Troca", assim como boa parte técnica do filme, como trilha sonora, figurinos, maquiagem, fotografia, direção de arte... E que o diretor fosse lembrado, se não como Melhor Diretor por "Gran Torino" (há sempre a possibilidade), como Melhor Ator. A possibilidade não é tão remota: além de Eastwood ser amado por todos, "Gran Torino" estourou nas bilheterias às vésperas do prazo final para os votantes escolherem seus melhores.


- Que Vicky Cristina Barcelona ganhasse mais reconhecimento, além da indicação para Penelope Cruz. Melhor Roteiro Original é uma possibilidade forte, mas é sonhar demais com Melhor Diretor? Tá, tá...


- Que haja muitas surpresas em todas as categorias. Das mais agradáveis (poucas indicações para Slumdog Millionaire) às mais desagradáveis (já pensaram em Dev Patel para Melhor Ator Coadjuvante, no lugar de Heath Ledger?!);


É, este ano eu tirei o filme de Danny Boyle pra Judas.

7 comentários:

Gustavo H.R. disse...

Estamos esperando o mesmo cenário para as indicações, amanhã.
Mas seria legal alguma surpresa, para quebrar o gelo. Agora, dificilmente SLUMDOG vai ter poucas indicações, mas veremos... Coisas estranhas já aconteceram antes.

Vinícius P. disse...

Como assim animações devem ser reconhecidas apenas em sua categoria? Pra mim essa categoria de animação é a maior enganação dos últimos anos, tirando a chance de filmes realmente exemplares (como "WALL-E") de conseguirem algum reconhecimento maior. Ele é melhor que todos os prováveis indicados a melhor filme - e olha que só não vi ainda "Milk".

e.fuzii disse...

Bom, desnecessário dizer também minha perseguição a "Quem Quer Ser um Milionário?"... hehe
Mas caramba, como alguém pode considerar o Patel como coadjuvante? E ainda melhor?

Enfim, não espero muita coisa. Acho que Ben Button será esnobado entre os atores, com Jenkins e Hawkins ganhando merecidas indicações.

E estou com o Vinícius nessa: ter categoria separada para animações e considerá-la por si só é uma baita discriminação. Está aí Wall-E para mostrar que é melhor do que todos os concorrentes (e eu nem preciso ter assistidos todos para dizer isso, hehe). Torcia até para que o Stanton aparecesse como azarão. O cara merece.

abraços.

Hélio disse...

Pois é, nao vejo problema algum com a categoria de animação. Acho que a discussao é muito complicada, porque teriamos que chegar a um consenso do que realmente se trata a categoria MELHOR FILME. Pq parece que documentarios nao entram aí, e ninguem reclama. Entao presumo que seja uma categoria para filmes LONGAS de FICÇAO.

Mas aí vem uma discussao muito mais problematica: animaçoes seriam CINEMA simplesmente? Pq nao CINEMA DE ANIMAÇÃO? Pq é clara a diferença. Afinal, ninguem colocou O Cavaleiro das Trevas entre os melhores filmes de animação do ano... pq deveria haver o contrario?

Acho que é importante diferenciar, o que nao significa diminuir a qualidade de WALL-E. Como eu disse antes, o que falta é valorizar mais o cinema de animação. Daí que discordo do Vinicius, e nao acho nenhuma enganação a Academia criar uma categoria especifica. Nao existe para os docs? Para os curtas? Para os docs curtas? Para as animações curtas? Um curta-metragem nao poderia ser tao bom que merecia estar na categoria MELHOR FILME? Obvio que nao.

Diferenciar cinema de cinema de animação é complicado, mas pode ser uma discussao rica. Nao ha em WALL-E a preocupação com montagem, atuação, encenação. Se o filme pode estar apto a MELHOR FILME, pq nao MONTAGEM, ATUAÇÕES, FOTOGRAFIA? Pq é diferente. E por isso deve ficar la na categoria devida, concorrendo tb com o que há de comum com os demais filmes, como ROTEIRO, SOM, TRILHA SONORA, etc. Mas ter coisas em comum nao significa que sao a mesma coisa.

Daí que eu discordo, caso o filme consiga a indicação. É algo possivel de acontecer amanha e, como eu disse, seria certo se ja nao houvesse um blockbuster na parada. Quem sabe haja espaço para os dois. Quem sabe para nenhum. Mas só acho a indicaçao do Batman coerente.

Abraços!

Rafael Carvalho disse...

Tomou de ódio o filme do Boyle mesmo, hein! De todos eles, é o que estou mais curioso a assistir. E deve receber um monte de indicações, pelo visto. Tive uma certa decepção com Benjamim Button, que é até um filme correto, tecnicamente muito bom, mas nada demais. Me assuta ser ele o grande vencedor. Mas é muito bom ver que O Cavaleiro das Trevas finalmente vai ser reconhecido, e justo no Oscar, quem diria.

Sim, também estava em Salvador, mas voltei ontem. Queria esperar para ver Austrália, mas tive que retornar.

e.fuzii disse...

Pronto, a discussão termina com 'The Reader' entre os indicados.
Eu entendo que a disputa para melhor filme é entre longas roteirizados, mas daí a chegar num consenso é mais complicado...

Acho que essa categoria de animação é simplesmente um "sossega leão" depois de tanto tempo exigirem um reconhecimento. E não vejo porque desmerecer uma animação porque não se enquadra em algumas categorias.
Se Slumdog também não tem com o que concorrer nas categorias de melhor atuação, por que então pode concorrer na de melhor filme? :P

Hélio disse...

O caso nao é "desmerecer uma animação porque nao se enquadra em algumas categorias". Nao se enquadrar significa que se trata de algo diferente de simplesmente CINEMA. E Slumdog nao concorre nas categorias de atuação por ruindade, voce sabe disso. :P

Agora o problema está nesse verbo aí que vc usou. Desmerecer. Acho que o fato de ser otimo cinema de animação deveria ser suficiente. O fato de nao estar apto a concorrer a uma categoria que nao lhe pertence nao deveria ser desmerecimento.

Seja como for, se WALL-E bom como é nao conseguiu uma indicaçao, acho que mais nunca a Academia vai indicar uma, ne?

Abraços!